Mais uma vez, Cachoeira não fala ao TJ-DF 

Uma nova sessão com Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, foi marcada no Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF) para o dia 29 de agosto. Hoje (01/08) o contraventor não falou sobre as irregularidades no sistema de bilhetagem do transporte público da capital federal, conforme estava previsto. Vestindo uma camisa azul clara de manga comprida, Cachoeira chegou por volta das 14h30m ao sétimo andar do prédio do TJ-DF magro e abatido, algemado e com as mãos para trás. O contraventor estava sob forte escolta policial. A audiência acabou no início da noite, sem que Cachoeira fosse ouvido.