PF vê superfaturamento de R$ 100 mi em ferrovia, diz jornal 

Uma investigação da Polícia Federal (PF) mostrou que as obras da ferrovia Norte-Sul apresentam sobrepreço de cerca de R$ 100 milhões no trecho que corta o Estado de Goiás. As informações são do jornal Folha de S.Paulo. Em apenas um trecho de 52 km por exemplo, entre Ouro Verde de Goiás e Pátio de Jaraguá, a PF encontrou preços 20% acima do valor da licitação.

A obra da ferrovia foi iniciada em 1986, mas só foi retomada em 2004. Desde então, a Norte-Sul foi orçada em R$ 6 bilhões e dividida em diversos contratos, mas grande parte continua parada, já que parte do pagamento as emrpeiteiras fica retido para a investigação de se os preços estão acima dos valores de mercado, informou o jornal.