Assaltante 'tatu' é preso após se esconder em buraco em SP 

Depois de muito trabalho, a Polícia Militar (PM) de Rancharia (515 km a oeste de São Paulo) prendeu o assaltante Mário Aparecido Ferreira dos Santos, 43, que para se esconder, entrou em um buraco cavado por ele mesmo em um canavial e se cobriu de palha.

Mário estava na cidade de Rancharia, onde acionou um taxista de 60 anos e solicitou que o levasse até a Fazenda Bartira, propriedade rural que fica cerca de 15 quilômetros da cidade.

Quando faltavam cerca de dois quilômetros para chegar ao destino, o passageiro simulou que estava passando mal. Assim, aproveitou para sacar um canivete, render o taxista e anunciar o roubo. A vítima ainda tentou se defender, mas teve as duas mãos atingidas pelo canivete do ladrão.

Após um descuido do assaltante, o taxista consegui saltar do veículo e pedir ajuda a outro motorista que passava pelo local.

Ao perceber, o assaltante fugiu a pé e se escondeu no canavial. Acionada, a PM conseguiu prender Mário com o auxilio do patrulhamento aéreo. Levado para a delegacia, o autor do assalto foi autuado em flagrante e levado para uma cadeia da região. Já o taxista foi levado para o pronto socorro mais próximo, onde recebeu atendimento médico.