Receita faz operação para conter contrabando por meio de embarcações 

A Receita Federal no Espírito Santo, com o apoio da Marinha do Brasil, faz hoje a Operação Jack Sparrow, de combate ao contrabando. O objetivo é identificar embarcações que entraram ilegalmente no país e que estão em situação cadastral irregular. Esses veículos serão apreendidos e seus proprietários, intimados a apresentar a documentação.

O Fisco batizou a operação com esse nome para lembrar o personagem principal da série de filmes Piratas do Caribe, interpretado pelo ator Johnny Depp.

De acordo com a Receita, a operação – desencadeada no Iate Clube do Espírito Santo, Ilha da Fumaça, em Vitória, e em Guarapari – conta com 20 vinte servidores da Receita Federal e 12 da Marinha. Estão sendo usados um helicóptero da Receita Federal e embarcações militares.

A Receita também está intimando em Vitória, 21 proprietários de embarcações que já apresentam indícios de irregularidade.