Perillo quer que governo federal agilize liberação de verbas para Goiás 

O governador de Goiás, Marconi Perillo, está reunido com o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, para pedir rapidez na liberação de verbas para o estado. Segundo Perillo, além da revisão do Programa de Ajuste Fiscal, o estado quer pressa na liberação dos recursos destinados à compensação das perdas com o fim da chamada guerra dos portos.

“Os recursos foram liberados, mas burocracia é uma coisa complicada. Já fizemos a solicitação dos recursos e os projetos estão prontos. Eu só peço que agilizem. Está tudo pronto. Estou pedindo R$ 1,5 bilhão, R$ 500 mil neste ano”, disse o governador.

No final de maio, o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou uma linha de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para financiar obras de infraestrutura e investimento produtivo nos estados do Espírito Santo, de Santa Catarina e Goiás, após o fim da guerra dos portos.

Sobre o Programa de Ajuste Fiscal, o governo federal anunciou no último dia 15 uma nova etapa de avaliações das contas dos estados. Aqueles que apresentarem resultados fiscais sólidos passam a ter direito de autorização por parte da União a obter créditos para novos investimentos.