Jornalista diz que depoimento de Perillo à CPMI foi mentiroso

O jornalista Luiz Carlos Bordoni, que fez a campanha de rádio do governador Marconi Perillo em 2010, presta depoimento à CPMI do Cachoeira, nesta quarta-feira. Luiz Carlos disse que o depoimento do governador Marconi Perillo à CPMI foi mentiroso. "Eu gostaria que ele estivesse aqui hoje, olho no olho, para que pudéssemos fazer uma acareação. Quero encará-lo. Não o temo, ele precisa aprender que não se brinca com a honra das pessoas", acrescentou.  

Bordoni afirmou anteriormente que seu trabalho na campanha foi pago com dinheiro da Alberto & Pantoja Construções. 

Segundo a PF, a Alberto & Pantoja é uma empresa de fachada de Carlinhos Cachoeira para lavar dinheiro da empreiteira Delta Construções S.A. 

Parte do pagamento, no valor de R$ 45 mil, foi feito em um depósito na conta da filha do radialista, Bruna Bordoni. Luiz Carlos garantiu no depoimento que a filha não tomou posse como assessora parlamentar do senador Demóstenes Torres, ao contrário do que foi dito anteriormente. "Os R$ 45 mil pagos por Alberto Pantoja que apareceram na conta da minha filha não têm nada a ver com o senador Demóstenes Torres", disse o radialista.