Com ajuda da sociedade civil, Pernambuco combate turismo sexual 

A luta contra todas as formas de violência à mulher é uma das prioridades do governo de Pernambuco. A afirmação é do governador Eduardo Campos, que diz que sua gestão tem "jogado duro" contra a prática.

Segundo Campos, por vários anos, Pernambuco foi um dos estados com os maiores índices de violência contra a mulher. O governador destaca que a estrutura atualmente "é melhor, após a criação de juizados e delegacias especiais".

Ao ser questionado sobre o combate ao turismo sexual, Eduardo Campos falou, em entrevista à Rádio ONU, sobre o apoio da sociedade civil.

"Fizemos um trabalho muito interessante com ONGs internacionais e locais, parcerias com entidades da sociedade civil, naqueles pontos em estrada mais críticos. Com combate, usando a inteligência das nossas polícias, desbaratamos gangs, prendemos organizações criminosas. E temos tido um apoio do trade turístico para que a gente possa banir da nossa realidade qualquer coisa que ligue ao turismo sexual, que é uma coisa hedionda".

Abusos

Na avaliação de Eduardo Campos, o combate ao turismo sexual é um "trabalho que exige dedicação permanente". O governador pernambucano afirma também que "nos últimos cinco anos, houve queda de 41% nos casos de homicídio no estado".

O combate a todas as formas de violência de gênero, incluindo abusos físicos, sexuais e psicológicos, está entre os objetivos da ONU Mulheres. O governador Eduardo Campos foi a Nova York para receber prêmios da Assembleia Geral por iniciativas de gestão pública.