PF desarticula quadrilha que desviava dinheiro de merenda escolar 

A Polícia Federal em conjunto com o Ministério Público de Minas Gerais desarticulou uma quadrilha que fraudava licitação para contratar fornecedor de merenda escolar, em Montes Claros, na manhã desta terça-feira. A PF cumpre oito mandados de prisão e 19 de busca e apreensão na prefeitura, na Câmara Municipal e em uma fundação sediada na cidade.

A Operação Laranja com Pequi apurou a prática de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e material, formação de quadrilha, entre outros. Se condenados, as penas máximas aplicadas ultrapassam 30 anos.

As investigações tiveram início em 2010.