Sem Ana Amélia, PP oficializa apoio a Fortunati em convenção

Sem a presença da senadora Ana Amélia Lemos, o PP oficializou neste sábado a candidatura majoritária e proporcional para as eleições municipais, durante convenção na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Principal liderança do PP no Estado, a senadora manifestou publicamente que subirá no palanque da deputada federal Manuela D'ávila, candidata do PCdoB, mesmo que seu partido tenha definido a aliança na majoritária com o atual prefeito José Fortunati, candidato do PDT.

Em ofício enviado à direção do PP, Ana Amélia explicou a ausência e informou que seria representada pelo deputado estadual Mano Changes (PP). O presidente estadual da legenda, Celso Bernardi, outro apoiador de Manuela, justificou a ausência por celular devido a compromissos de Caçapava, no interior do Estado. Mano Changes foi ao evento, mas deixou o local mais cedo para participar da convenção do PCdoB que oficializou a candidatura majoritária de Manuela. Ele é uma das lideranças do PP que estarão ao lado da comunista no pleito de 7 de outubro.

A ex-vereadora Mônica Leal, candidata ao Senado pelo PP em 2010, mostrou-se descontente com a ausência de Celso Bernardi. "Fico triste em notar a ausência do nosso presidente estadual", afirmou da tribuna, em um plenário lotado de militantes progressistas. No discurso, Mônica Leal reforçou que o regimento partidário deve ser respeitado. "Estatuto não se pode infringir", disparou.

Nominata

Durante a convenção, o PP homologou a nominata de candidatos a vereador para a eleição proporcional, que terá 26 candidatos - 14 homens e 12 mulheres. O partido está coligado na proporcional com o PDT e o PRB, totalizando, no geral, 72 postulantes à Câmara Municipal - 50 homens e 22 mulheres.