Vereadores contestam cessão de terreno para Instituto Lula em SP 

Vereadores que apoiam o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), tentarão impedir a cessão de um terreno avaliado em R$ 20 milhões na área conhecida como "Cracolândia", na região central da capital paulista, para o Instituto Lula, entidade fundada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo desta sexta-feira, os vereadores Gilberto Natalini (PV) e Floriano Pesaro (PSDB) afirmaram que vão apresentar propostas alternativas para tentar barrar a cessão da área, alegando que a medida beneficia eleitoralmente o PT.

A Câmara Municipal aprovou a oferta do prefeito à entidade anteontem, em primeiro turno, por 37 votos a 10. O texto ainda precisa passar por uma segunda votação, prevista para daqui a duas semanas. 

De acordo com o projeto de Kassab, o Instituto Lula deverá receber o terreno gratuitamente, pelo prazo de 99 anos, para construir um museu batizado de Memorial da Democracia.