PM prende quatro suspeitos de matar bebê e jogar corpo em rio em MG 

A Polícia Militar prendeu, na terça-feira, quatro pessoas suspeitas de envolvimento na morte de um bebê de 2 meses e um homem de 25 anos em Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte. A criança foi jogada no rio Paraopeba logo após o crime.

O crime ocorreu no dia 7 de abril. Segundo o boletim de ocorrência da PM, três homens encapuzados invadiram a casa onde o homem, a mulher dele e o bebê moravam, em São Joaquim de Bicas. Após render a família, o trio os levou, amarrados no porta-malas de um carro, para próximo ao rio Paraopeba.

No local os criminosos mataram Abimael Oliveira de Menezes, 25 anos, e o bebê. A mulher de Menezes, Marileide de Souza Aguiar, 35 anos, ficou ferida com os disparos de arma de fogo, mas foi socorrida e sobreviveu. O corpo da criança foi jogado na água e encontrado quatro dias depois.

De acordo com a PM de Igarapé, Patrick Evandro da Silva, 23 anos; Daniel da Costa Gomes, 31 anos; Luiz Carlos da Silva, 45 anos; e Renato Jorge dos Santos, 19 anos, foram presos em uma casa que fica no bairro Imperial. Com eles, a polícia apreendeu um carro roubado no último domingo, três armas e telefones celulares, além de uma TV.

Dentro da casa, a polícia encontrou outro carro com as mesmas características do que teria sido usado no dia do crime. A Polícia Civil vai ouvir os suspeitos e investigar o motivo dos assassinatos.