Advogada diz que Cachoeira está fraco e precisou tomar soro 

A advogada de Carlos Cachoeira disse que o contraventor está muito fraco e precisou tomar soro na veia nesta quarta-feira. Dora Guimarães afirmou, em entrevista ao Jornal Hoje, que o seu cliente encontra-se debilitado por causa da morte da mãe, na última segunda-feira. A advogada afirmou ainda que terá um encontro com Cachoeira no final da tarde.

Hoje, o bicheiro foi transferido do presídio federal de segurança máxima de Mossoró (RN) para o complexo penitenciário da Papuda, em Brasília, onde ocupa uma cela coletiva com outros 22 detentos, em uma ala administrada pela Polícia Federal.

A advogada Dora Guimarães explicou que, ainda hoje, ingressará com uma ação na 11ª Vara Federal de Goiânia onde tramita o processo contra o seu cliente. "Esta será a primeira manifestação da defesa", afirmou.

Cachoeira foi preso em 29 de fevereiro, na Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, acusado de chefiar um esquema de jogo ilegal em Goiás.