Ceará registra terceira morte por gripe A em 2012 

Fortaleza - A Secretaria de Saúde do Ceará confirmou nesta sexta-feira que mais uma morte foi registrada no estado devido ao vírus da gripe A (H1N1). Foi o terceiro caso anotado em 2012, desta vez no município de Monsenhor Tabosa, a 306 km de Fortaleza. A vítima tinha 30 anos e era portadora de pneumopatia crônica, uma característica de risco para quem contrai a doença.

O primeiro registro de morte pela doença, este ano, foi em Fortaleza, quando uma paciente de 27 anos, grávida, não resistiu à doença. Ela chegou a ser internada na Maternidade Escola Assis Chateaubriand, mas morreu no dia 13 de março. A segunda vítima foi uma adolescente de 15 anos, dias depois, na cidade de Beberibe, no litoral do Estado.

A secretaria de saúde alerta que mulheres em período fértil ou gestantes com média de 23 anos são as principais vítimas do vírus H1N1 e destaca que os sintomas da doença são tosse seca, dores musculares e dores de cabeça. Em todo o Ceará, segundo a Secretaria de Saúde do Estado, apenas 12,5% da população recebeu a vacina contra o H1N1 durante as campanhas de 2009 e 2010.