Conselho vai abrir sindicância para investigar mortes em hospital regional 

O Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) vai abrir sindicância para investigar a morte de 13 pessoas no Hospital Regional de Santa Maria entre julho do ano passado e janeiro deste ano.

Reportagem veiculada ontem (12) pelo Jornal Nacional apresentou um relatório atribuído à  própria unidade de saúde indicando que as mortes podem ter sido causadas pela troca das tubulações no leito 19. Em vez de oxigênio, os pacientes recebiam ar comprimido.

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal agendou entrevista coletiva para tratar do assunto hoje (13) às 16h.