Bombeiros e voluntários controlam incêndio na Chapada Diamantina 

O incêndio que atingia a região de Campos de São João, próximo ao Morro do Pai Inácio, na Chapada Diamantina, foi controlado no fim da tarde desta terça-feira após um trabalho coordenado entre o Corpo de Bombeiros e brigadistas voluntários. A vegetação no local queimava desde o último dia 5 de abril e deixou a população do município de Palmeiras assustada.

A equipe de brigadistas foi formada por moradores de Lençóis, Palmeiras e Vale do Capão, e de outros residentes de diversas partes da região, entre eles mulheres e crianças. Os bombeiros, por sua vez, atuavam com dois aviões-tanques, com capacidade de 12 mil litros, e um helicóptero, que reforçou o grupo no domingo.

O fogo deu sinais de que havia sido totalmente neutralizado durante o fim de semana, mas o vento forte reanimava as chamas. O incêndio chegou a se espalhar até o Morro Três Irmãos, mas o combate às chamas continuou até que brigadistas e voluntários constataram o fim do incêndio.

Nesta época do ano, a Chapada Diamantina sofre com a falta de chuva, e a vegetação fica seca e propícia a incêndios florestais. Em março, outros dois incêndios atingiram a localidade. No início do mês, a região dos municípios de Mucugê e Ibicoara sofreu com a queimada, controlada pelo Ibama e brigadistas. Já no final de março, a Serra do Candombá, no Vale do Capão, também sofreu com um incêndio que durou vários dias e quase atingiu as comunidades que vivem próximo ao local, além do Parque Nacional da Chapada Diamantina.

Além da época do ano, a Chapada também está entre as regiões que mais sofrem com a seca que atinge a Bahia desde o final do ano passado. O governo já admite que esta seja a pior estiagem dos últimos 30 anos.