Caso Demóstenes: Pedido da Câmara de cópia do inquérito está no STF 

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Cezar Peluso, encaminhou nesta segunda-feira,ao ministro Ricardo Lewandowski, relator do inquérito que investiga as denúncias contra o senador Demóstenes Torres (sem partido, ex-DEM-GO) o pedido de acesso aos autos formulado pelo presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Marco Maia.

De acordo com ofício de Maia, a solicitação de cópia do inquérito, “com o objetivo de investigar fatos atribuídos a Carlos Augusto Almeida Ramos, conhecido como Carlinhos Cachoeira, em associação com deputados federais”, tem em vista “a possível criação de Comissão Parlamentar de Inquérito destinada a investigar os mesmos fatos” na Câmara dos Deputados.

O inquérito foi aberto no STF por iniciativa da Procuradoria Geral da República (PGR) contra o senador Demóstenes Torres,mas há informações de envolvimento direto de deputados de Goiás.

A nota divulgada pelo STF é um desmentido indireto a informações veiculadas em sites de notícias de que o presidente do STF teria negado ao presidente da Câmara acesso aos autos do inquérito (Inq 3430), pelo fato de tramitar em caráter sigiloso.