Corpo de militar que morreu na Antártica será enterrado nesta quinta

Rio de Janeiro – O corpo do segundo-tenente Roberto Lopes dos Santos, que morreu no incêndio que atingiu a Estação Antártica Comandante Ferraz no final de fevereiro, será enterrado nesta quinta-feira (15), 20 dias depois. O sepultamento será feito às 15h no Cemitério do Caju, na zona portuária do Rio de Janeiro.

Já o corpo do segundo-tenente Carlos Alberto Vieira Figueiredo será transportado por uma aeronave da Força Aérea Brasileira para Vitória da Conquista (BA), onde deverá ser enterrado. O avião sai da Base Aérea do Galeão às 9h e chega à Bahia às 13h. As informações foram divulgadas pela Marinha.

Os dois integravam o grupo-base da Marinha, que prestava suporte aos pesquisadores da estação, e morreram quando tentavam apagar o incêndio que atingiu a sala de máquinas da base. Um terceiro militar ficou ferido.

Os corpos dos dois militares ficaram mais de duas semanas no Instituto Médico-Legal (IML) do Rio de Janeiro, para que fossem identificados oficialmente por meio de exames de DNA (material genético). O exame foi concluído no dia 9, mas a liberação dos corpos só foi possível dias depois, por causa da demora na emissão das declarações de óbito e das autorizações judiciais.