Prefeito de cidade do Acre é preso por ocultação de bens

A Polícia Federal (PF) prendeu em flagrante no último domingo Randson Oliveira Almeida, prefeito do município de Marechal Thaumaturgo (AC), e seu primo, proprietário da Construtora Rio Amônia Ltda, por ocultação de bens. Eles eram investigados desde setembro de 2011. Entre os bens envolvidos no esquema criminoso está a própria casa de Randson, em Cruzeiro do Sul (AC), avaliada em quase R$ 1 milhão.

Embora a residência tenha sido nominalmente passada para a Construtora Rio Amônia, de seu primo, no final de agosto de 2011, Randson continua sendo o real proprietário do imóvel. Segundo a PF, ele teria colocado o imóvel em nome da construtora apenas para ocultar o bem e tentar evitar que ela fosse confiscada.

Menos de dois meses depois da "transferência", Randson foi afastado da prefeitura de Marechal Thaumaturgo em razão de uma ação movida pelo Ministério Público do Acre por crimes contra a administração pública. Pesa ainda contra o prefeito uma denúncia do Ministério Público Federal por desvio de verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).