Polícia apreende 2 cobras enviadas pelo Correio no RS

Uma agência dos Correios em Carazinho, no noroeste do Rio Grande do Sul, recebeu na última sexta-feira uma caixa de papelão com duas cobras dentro de um saco de pano. Segundo informações divulgadas nesta segunda-feira, os animais foram levados ao zoológico da Universidade de Passo Fundo (UPF) pela Polícia Ambiental e identificados como um macho e uma fêmea da espécie conhecida como cobra-do-milho. O animal não é venenoso e é nativo dos Estados Unidos.

Segundo a Polícia Militar, a caixa, postada em Mato Grosso, chegou à agência sem a Guia de Transporte Animal (GTA), o parecer técnico oficial e a licença para introduzir espécie animal no País, documentos obrigatórios. A polícia informou ter localizado o destinatário da correspondência em Carazinho, que responderá a termo circunstanciado por introdução irregular de animal no Brasil e também por maus tratos.