SP: parque Hopi Hari fecha e brinquedos serão inspecionados 

O parque de diversões Hopi Hari, em Vinhedo, interior de São Paulo, não abriu nesta sexta-feira e ficará fechado por dez dias para uma inspeção geral em todos os brinquedos a partir de segunda-feira. A interrupção das atividades foi decidida através da assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) e a suspensão pode ser prorrogada por mais dez dias. Caso o TAC seja desobedecido, o parque pode receber uma multa diária de R$ 95 mil, conforme o documento.

O fechamento temporário do Hopi Hari ocorre uma semana após a morte da adolescente Gabriela Nichimura, 14 anos, que na manhã do dia 24 de fevereiro caiu do brinquedo Torre Eiffel. Ela estava acompanhada dos pais, tia e prima. Segundo as primeiras investigações, o equipamento apresentava defeito na trava de segurança. Gabriela caiu de uma altura entre 10 m a 30 m.

A equipe de perícia será formada pelo Corpo de Bombeiros, membros do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea), Instituto de Criminalistica de São Paulo e Ministério Público (MP). "Se for constatada qualquer falha ou defeito, iremos proceder a retomada de todas as atividades (no parque)", disse a promotor Ana Beatriz Sampaio Vieira.

Em nota, o parque solicita que os clientes que tiverem comprado ingressos devem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone 0300-7895566.