Fumaça em equipamento interrompe voo da FAB em Salvador

Um princípio de fumaça interrompeu um voo local de treinamento da Força Aérea Brasileira (FAB) sobre o Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, por volta das 19h30 de segunda-feira. De acordo com o capitão Trope, das Forças Armadas, o pouso foi antecipado e, por precaução, o Corpo de Bombeiros foi acionado, mas não precisou trabalhar no combate a chamas.

O voo da aeronave P-3 Orion, previsto para durar duas horas, foi interrompido 30 minutos após a decolagem, devido ao aquecimento de um dispositivo elétrico que culminou no derretimento de uma capa de proteção plástica. Os 10 militares que tripulavam o avião desembarcaram em segurança e sem ferimentos. Segundo a FAB, o problema na aeronave já foi identificado, e não ocorreu na cabine de pilotagem.