Serra entrega na terça carta de intenção por prefeitura de SP

O secretário de Planejamento e Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Julio Semeghini (PSDB), afirmou na noite desta segunda-feira que seu colega de partido, o ex-governador José Serra, entrega a carta na qual formaliza a intenção de concorrer à prefeitura da capital paulista amanhã. De acordo com Semeghini, que preside o diretório municipal do partido, a pré-candidatura só se torna oficial com a aprovação da executiva da sigla na cidade.

Semeghini afirmou que a intenção do candidato derrotado à Presidência da República em 2010 era entregar o documento ainda nesta segunda, mas a realização do debate dos pré-candidatos tucanos ocasionou um desencontro, ficando acertado para reunião na noite de terça no diretório municipal. "Ele queria me entregar pessoalmente", disse Semeghini

O deputado licenciado afirmou que "não faria sentido" a presença de Serra no debate desta noite, que acontece em uma universidade na região central da cidade, porque Serra "ainda não é candidato". "A decisão cabe à executiva municipal", disse.

Hoje, Serra escreveu em seu perfil no Twitter que está disposto a disputar a prefeitura de São Paulo. "Sempre fui favorável às prévias para a escolha do candidato a prefeito do PSDB. E delas pretendo agora participar.", escreveu. Com a decisão do ex-governador, o secretário estadual de Cultura, Andrea Matarazzo, e o secretário do Meio Ambiente, Bruno Covas, desistiram de concorrer e anunciaram apoio a Serra. Os outros dois pré-candidatos tucanos são o deputado federal Ricardo Tripoli e o secretário de Estado de Energia, José Aníbal.