RS: voo da TAM faz pouso forçado após surto de passageiro 

Um voo da TAM, que seguia de Montevidéu, no Uruguai, para São Paulo, fez um pouso de emergência em Porto Alegre neste sábado após um passageiro agir de forma agressiva a bordo. De acordo com o delegado da Polícia Federal Luiz Daiello, o homem teria tido um "surto psicótico", obrigando o comandante a alterar a rota.

De acordo com Felipe Michelini, deputado da coalizão de esquerda governante Frente Ampla (FA), que estava a bordo, o passageiro chegou a agredir o piloto.

"O voo estava tranquilo, mas de repente houve uma manobra incomum, brusca, por isso nos demos conta. Eu viajava no fundo, por isso, não vi, mas os passageiros da frente viram que um homem atacou o piloto ao entrar na cabine, o que provocou a situação", disse ele.

Em nota, a empresa afirmou que o voo JJ 8047, que decolou às 13h32 (horário de Brasília) da capital uruguaia, pousou "por causa de um tumulto a bordo". Em seguida, a TAM garante que "passageiros e tripulantes desembarcaram em segurança e a ocorrência está sendo investigada pelas autoridades".

O homem deixou a aeronave escoltado pela Polícia Federal. Após a realização de uma inspeção, às 16h59, o restante dos passageiros seguiu na mesma aeronave e para São Paulo. Luiz Daiello disse que o passageiro que causou a confusão deixou o avião de forma calma, mas logo se exaltou novamente.

Ele foi levado para o Posto de Saúde da vila Cruzeiro, na zona sul da cidade, onde foi sedado e internado na ala psiquiátrica. O homem, natural de São Paulo, só deve ser liberado com a chegada de algum familiar.