Contra detenções, moradores jogam rojões contra a PM em SP 

Moradores do bairro Bosques do Lenheiro, na periferia de Piracicaba, a 159 km de São Paulo, entraram em confronto com policiais militares na quarta-feira contra a detenção de cinco jovens, detidos por atitude suspeita quando estavam dentro de um carro. Em menos de duas semanas, essa é a segunda vez que há conflitos entre a população e a polícia na região. Em 27 de janeiro, no mesmo bairro, a base da Polícia Militar foi incendiada após a prisão de suspeitos.

De acordo com a PM, ontem, os moradores tentaram resgatar os jovens, que teriam resistido à prisão, jogando rojões e pedras contra os policiais. "Não temos informações sobre danos materiais ou feridos, mas confirmo que a população atirou rojões contra os policiais", disse a major Adriana Sgrigneiro.

Em resposta, a polícia utilizou balas de borracha para controlar a confusão e mais três pessoas foram detidas. A Polícia Militar aponta que a ação contra os policiais está ligada ao comando do tráfico de drogas da região.