Rebelo elogia Arena da Amazônia e ouve pedido por liberação de verbas

Aldo Rebelo deu prosseguimento nesta sexta-feira às visitas a sedes da Copa do Mundo de 2014 e visitou Manaus. Além de elogiar o projeto da Arena da Amazônia, "a mais bonita" que disse ter visto até agora, o ministro do Esporte ainda recebeu um pedido do governador amazonense Omar Aziz para que o Governo Federal agilize a liberação de verbas para a construção do estádio.

"Esta é a sexta arena que visito e achei a mais bonita esteticamente, a mais visível", destacou Rebelo, que desde 25 de janeiro tem recorrido o Brasil para conhecer os projetos das cidades que receberão o Mundial de daqui dois anos. "De fato, a Arena (da Amazônia) está às alturas de Manaus, do Brasil e da Copa", acrescentou.

Entre tantos elogios, Rebelo recebeu um pedido direto de Aziz para que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) acelere os recursos para o andamento das obras. O estádio teve orçamento estipulado REM R$ 532 milhões, sendo que R$ 400 milhões sendo pagos pelo BNDES - até agora, 20% (ou R$ 800 mil) teriam sido liberados.

"É necessário que haja um entendimento por parte do BNDES de que os recursos não podem demorar tanto para serem liberados, porque entre os cronogramas físico e financeiro há uma disparidade grande", apontou Aziz. O governo amazonense já teria aplicado R$ 70 milhões para a realização das obras, que se encontram 35% concluídas.

Rebelo mostrou empatia com o pedido do governador e mostrou disposição em ajudar. "Não podemos deixar o governo do Estado do Amazonas arcar com responsabilidades que podem estar além daquilo que ele assumiu em co-responsabilidade com o Governo Federal", avaliou o ministro.

Depois da visita a Manaus nesta sexta-feira, Rebelo tem um cronograma cheio para a próxima semana. O ministro visitará as sedes de Recife, Natal, Curitiba e Porto Alegre.