Blogueira cubana Yoani Sánchez se diz 'decepcionada' com Dilma 

Em entrevista concedida à rádio Estadão ESPN na quarta-feira, a blogueira cubana Yoani Sánchez afirmou que ficou "decepcionada" com a postura adotada pela presidente Dilma Roussseff, que evitou debater sobre direitos humanos durante sua viagem a Cuba. 

Yoani, que uma semana antes recebeu de Dilma a autorização para vir ao Brasil , disse que "foi uma pena, uma oportunidade perdida". "Teria sido um bom momento para um gesto diplomático e solidário com os cidadãos, não só com o governo", afirmou a dissidente.

A blogueira disse que lamenta o fato de que, no fim, os "mais céticos" tiveram sua expectativa confirmada: "Eles diziam que eu não deveria alimentar ilusões, que Dilma não tocaria em nenhum tema delicado e difícil". Yoani afirmou que deve sair na quinta-feira a resposta do governo de Cuba ao pedido para viajar para o Brasil. Ela é aguardada no dia 10 em Jequié, na Bahia, para a estreia de um documentário onde é um dos personagens. Até hoje, ela fez 18 tentativas de sair da ilha, todas negadas.