Bebê é recuperado 2 meses após sequestro em maternidade de SC 

Uma mulher foi presa nesta quarta-feira em Balneário Camboriú, no litoral norte de Santa Catarina, acusada de sequestrar um bebê em uma maternidade da região. O caso ocorreu há dois meses, e a acusada vinha cuidando da criança como se fosse sua filha.

De acordo com as informações da Divisão de Investigações Criminais de Balneário Camboriú (DIC), Sirley Fátima Machado, 44 anos, chegou a forjar uma gravidez por cerca de seis meses e conseguiu levar o recém-nascido da maternidade do Hospital Edwirges Bernardes no início de dezembro de 2011.

Em depoimento na Polícia Civil, Sirley admitiu que teria roubado a criança para tentar "resolver problemas de relacionamento com o marido". Ela chegou a falsificar exames médicos e conseguiu enganar o companheiro, que criava o bebê como se fosse seu filho.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a criança está saudável. Ela foi entregue ao Conselho Tutelar de Camboriú e será devolvida à família na quinta-feira.