Instabilidade deixa áreas de São Paulo em estado de atenção 

A presença de uma frenta fria no litoral do Sudeste e zonas de instabilidade espalhadas pelo interior do Estado de São Paulo provocam pancadas de chuva em diversos pontos da Capital. A movimentação meteorológica levou o Centro de Gerenciamento de Emerências da Prefeitura da capital paulista (CGE) a declarar estado de atenção, às 18h45 deste domingo, nas zonas Norte, Leste e Sudeste e na Marginal Tietê.

De acordo com o CGE, ocorre forte precipitação em pontos de Perus, Pirituba, Freguesia do Ó, Casa Verde, Limão, Santana e Vila Maria (Zona Norte) e em praticamente toda a Zona Leste e parte da região central. Na Grande São Paulo, as chuvas atingem com intensidade principalmente Suzano e Mogi das Cruzes. A previsão é que as chuvas persistam até o início da noite e atinjam outros pontos da Capital e Região Metropolitana.

O tempo instável deve pelos próximos dias. O canal de umidade que atua desde a região amazônica e escoa em direção à faixa leste de São Paulo mantém também um elevado volume de chuvas na próxima semana. Em função da grande cobertura de nuvens e das chuvas, as temperaturas não sobem muito e a máxima deve ficar em torno dos 24,0ºC. Alerta-se para o risco de escorregamentos de encostas, bem como para a elevação do nível de córregos e rios da região.