Mulher é detida por matar gatos e cachorros na Zona Sul de SP 

Uma mulher foi detida na noite desta quinta-feira acusada de matar pelo menos 33 gatos e cachorros na Zona Sul de São Paulo. Os animais foram encontrados mortos dentro de sacos de lixo na calçada na Vila Mariana. 

ONGs protetoras dos animais chegaram a contratar um detetive particular para investigar a denúncia. Eles desconfiavam que Dalva Lima da Silva, 43 anos, recebia os animais dizendo que ia tratá-los, mas os mesmos não eram mais vistos, de acordo com informações da rádio CBN.

Os sacos plásticos com os animais mortos eram colocados nas calçadas de vizinhos poucos minutos antes da coleta de lixo, para não levantar suspeita. 

Nesta quinta, a polícia foi acionada pelo detetive no momento em que Dalva deixava os sacos de lixo na calçada. Em sua residência foram encontradas gaiolas, seringas e armadilhas. 

Dez cachorros foram encontrados vivos. A polícia ainda não sabe informar como os animais eram mortos. Segundo o detetive contratado, os maus-tratos ocorrem desde 2004 - os animais seriam anestesiados para depois terem o sangue removido do corpo.