Bezerra deve ir hoje ao Rio Grande do Sul para tratar de repasse de verbas

Brasília – O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, deve viajar ainda hoje (13) para o Rio Grande do Sul para formalizar o repasse de recursos, anunciado ontem (12), aos municípios mais afetados pela seca no estado. O Rio Grande do Sul, estado mais atingido pela estiagem no Sul, receberá 28 milhões dosR$ 48 milhões que o governo federal destinará aos três estados da região. Deste total, R$ 10 milhões irão para projetos de prevenção e R$ 18 milhões para ações emergenciais de socorro e assistência. Há 234 municípios gaúchos em situação de emergência.

Chuvas esparsas estão previstas para os próximos dias em alguns pontos da Região Sul, mas isso não deve resolver de imediato os problemas causados pela seca, pois muitas lavouras foram prejudicadas. pela estiagem. O Paraná, que tem quatro municípios em situação de emergência, receberá R$ 10 milhões para prevenção da seca. Santa Catarina, onde 76 municípios estão em situação de emergência, também receberá R$ 10 milhões para combater os efeitos da estiagem.

O Ministério do Desenvolvimento Agrário já recebeu 19 mil notificações de agricultores familiares da Região Sul, declarando perdas por causa da seca no Sul. De acordo com o próprio ministério, porém, esse número deve aumentar e poderá chegar a 100 mil. Os agricultores familiares terão suas dívidas prorrogadas. Os contratos, tanto os de custeio, já renegociados anteriormente, como os de custeio e investimento da safra 2011/2012, terão os prazos de pagamento prorrogados até 31 de julho.