Seis detentos fogem de presídio de segurança máxima no Espírito Santo

Seis bandidos considerados de alta periculosidade fugiram na madrugada de segunda-feira do presídio de Segurança Máxima II de Viana, na região metropolitana de Vitória (ES). Entre os fugitivos estão homicidas, sequestradores e criminosos que cumprem pena por roubo. Os foragidos são: André Saroa, Everson Dalpra Rosa, Francisco de Assis de Oliveira Garcia, Gilberto Vieira da Silva, Ivaney Rocha Ferreira e Ronivaldo Gomes do Rosário.

Everson Dalpra Rosa foi apontado pela polícia como o responsável pelo assassinato do soldado reformado da Polícia Militar Flávio Antônio Geisen, morto em 2009. Ele ainda cumpre pena por sequestro. Outro fugitivo é André Saroa, que participou do assalto ao posto de combustíveis e ao supermercado da família Peterle, em Domingos Martins, em 2008, que culminou com o assassinato do proprietário do estabelecimento, Rildo Arcanjo Peterle.

Outro foragido, Ivaney Rocha Ferreira, é apontado pela polícia como traficante perigoso de Vitória. Antes de ser preso ele era procurado pela polícia por integrar uma quadrilha contratada por um presidiário para matar policiais militares.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Justiça do Estado, em nota, afirmou que o secretário de Estado da Justiça, Ângelo Roncalli de Ramos Barros, determinou o início imediato de uma investigação que vai apurar as circunstâncias da fuga.

A nota diz ainda que a Corregedoria da Sejus abriu procedimento administrativo de apuração e vai ouvir os funcionários da unidade e recolher as imagens do circuito interno de TV. A Secretaria de Justiça pede a quem tiver informações sobre os foragidos que entrem em contato com o Disque-Denúncia pelo telefone 181.