ANP alega que já preparava ação contra fraude em combustível

A Agência Nacional de Petróleo informou nesta segunda-feira que preparava, há 15 dias, uma operação para fiscalizar possíveis fraudes em postos de combustíveis, mas teve que antecipar a ação depois das denúncias feitas em uma reportagem do Fantástico, da Rede Globo. Hoje, dois postos foram fiscalizados e interditados no Rio de Janeiro. As informações são do Jornal Nacional.

A perícia constatou que os postos fiscalizados utilizavam o sistema para enganar os clientes na hora do abastecimento. Segundo os peritos, todas as adulterações das bombas foram desfeitas às pressas, mas os suspeitos deixaram indícios das irregularidades. Um gerente de posto foi preso durante a operação.