MG: chuvas não param e mais municípios são afetados 

A Defesa Civil de Minas Gerais trabalha com a possibilidade de grande volume de chuva neste domingo, principalmente na região noroeste do Estado. Neste sábado, a cidade de Ubá, a 290 km da capital, foi atingida por um forte temporal, que afetou a área urbana e rural. De acordo com a Defesa Civil, o ribeirão Ubá transbordou e alagou vários pontos da cidade.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu até agora na capital mineira 228,7 mm dos 296,3 mm esperados para todo o mês de janeiro. Portanto, Belo Horizonte já recebeu 77% da média mensal em apenas uma semana.

Cidades afetadas

Ao todo, 103 municípios mineiros já decretaram situação de Emergência. Em todo o Estado existiam, até o início deste domingo, 11.939 pessoas desalojadas e 906 desabrigadas.

Duas pessoas estavam desaparecidas, 35 feridas e 12 acabaram morrendo por causa das tempestades. No total, mais de 2,1 milhões de pessoas foram afetadas pelas chuvas.

As duas pessoas que continuam desaparecidas foram arrastadas pelo rio. Em santo Antônio do Rio Abaixo, a idosa Rita Vieira de Souza, 74 anos, desapareceu no dia 30 de dezembro e, no dia 2 de janeiro, Vanis Silencio Ferreira também foi levado pelo rio na cidade de União de Minas.

Até este domingo, 157 municípios mineiros já haviam sido atingidos diretamente pelas tempestades.