Chuva em MG deixa 43 municípios em situação de emergência 

Boletim divulgado pela Defesa Civil de Minas Gerais na manhã deste sábado aponta que mais três municípios decretaram situação de emergência em decorrência das chuvas que atingem o Estado desde outubro. Ao todo, 43 prefeituras apresentaram prejuízos caudados pelos temporais.

A Defesa Civil alertou para a ocorrência de forte precipitação neste sábado, principalmente na região do Triângulo Mineiro e Oeste do Estado. No domingo, a tendência é de muita chuva em todas as regiões, devido à formação de uma área de baixa pressão, o que pode piorar a situação nas localidades que já contam com um volume acumulado de chuva.

Os últimos municípios a decretarem emergência foram São Sebastião do Rio Preto, Poço Fundo e Brasília de Minas. O balanço da Defesa Civil contabiliza quase 10 mil pessoas desabrigadas ou desalojadas e 101 municípios atingidos. Os temporais danificaram 2.420 casas e 71 pontes. O número de pessoas afetadas ultrapassa 2,1 milhões, mais de 10% da população do Estado. Além disso, foram registradas duas mortes - em Reduto e Governador Valadares.

A orientação é para que a população evite passar por áreas alagadas a pé ou de carro, observe sinais de encharcamento e movimentação do solo das encostas e abandone suas casas preventivamente caso esteja em área de risco. Além disso, é preciso evitar o acúmulo de lixo em vias públicas porque a prática pode prejudicar o escoamento da água.