Palco da festa da virada da praia de Copacabana deve ficar pronto na quinta

A montagem do principal palco da festa de virada de ano da Praia de Copacabana deve ser concluída amanhã (29), dois dias antes do grande evento, segundo previsão da Secretaria Municipal de Turismo. Na manhã de hoje (28), os preparativos na praia continuavam de forma acelerada para deixar tudo pronto para a festa, que é uma das maiores do mundo e que deve reunir mais de 2 milhões de pessoas. 

A festa deste ano tem como tema a sustentabilidade, celebrando a Rio +20, conferência mundial de meio ambiente que a capital fluminense vai receber no próximo ano. Segundo a Secretaria Municipal de Turismo, os materiais utilizados no evento serão reciclados, como as lonas da fachada dos quatro palcos da festa que vão virar estojos escolares para crianças da rede pública municipal. 

Questionado sobre a poluição que os fogos de cor verde vão emitir, devido ao componente químico nitrato de bário, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, declarou que as emissões de poluentes serão neutralizadas com o plantio de árvores. Paes, só não definiu quando e onde as mudas vão ser plantadas. 

“A sustentabilidade, aqui [se referindo ao evento], na verdade, não quer dizer que não tenham coisas que poluam, mas o interessante é que pela primeira vez terá a neutralização dessa poluição. Ou seja, toda emissão de carbono será neutralizada com plantio de árvores”, disse. 

O secretário municipal de Turismo, Antônio Pedro Figueira de Melo, espera que as mudanças feitas no trânsito e nos transportes públicos na região, que vai durar até o final da festa, reduzam o incômodo aos cariocas. “Tem todo esse novo esquema de trânsito. É importante que a pessoa pense e saiba que será como os anos que passaram, que ficava todo mundo parado, engarrafado num trânsito de ônibus e gente”, afirmou.  

A festa está sendo aguardada com ansiedade por turistas e cariocas. Todos os palcos receberão projeção de imagens da Mata Atlântica e da biodiversidade, além da queima de fogos inspirada em elementos da natureza. Artistas da Música Popular Brasileira e um DJ francês são outras atrações aguardadas.

A turista mineira, Ana Carolina, 27 anos, acompanha o réveillon carioca há dois anos e espera voltar outras vezes para a festa da virada. “Com certeza nos próximos anos eu vou voltar”, declarou. Já o paulista Valmir Crosariol, que está visitando a cidade com a família, está na expectativa pela queima de fogos. “As praias a gente conhece já há bastante tempo, mas os fogos e o réveillon é a primeira vez que iremos ver. Dizem que é o melhor do mundo, vamos tirar essa dúvida”, disse.