Governo quita indenização à UNE por incêndio na ditadura

A União Nacional dos Estudantes (UNE) vai receber do governo federal a segunda e última parcela da indenização de R$ 44,6 milhões a que a entidade tinha direito por conta de incêndio que destruiu sua sede, no Rio de Janeiro, durante a ditadura militar. A liberação de R$ 14,6 milhões foi oficializada na última terça-feira e o dinheiro deve ser depositado na conta da UNE no início de 2012. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Em dezembro passado, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva havia autorizado o pagamento de R$ 30 milhões para a entidade. A liberação de verbas para a UNE foi possível graças ao cancelamento de pagamento de R$ 14,6 milhões, originalmente reservado para o programa ProJovem.