Duas mulheres e duas crianças desaparecem após naufrágio no AM

Os bombeiros e a polícia de Manaus (AM) retomaram nesta quarta-feira as buscas por duas mulheres e duas crianças que desapareceram, às 16h de ontem, após uma canoa naufragar no Rio Negro. A embarcação saiu da comunidade do Tatu, próximo da praia do Tupé, e seguia para Paricatuba quando afundou. A chuva, o vento forte e a superlotação da canoa podem ter causado o naufrágio. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Havia cinco pessoas dentro da embarcação, que tinha capacidade para transportar apenas três. Um jovem de 18 anos, identificado como Luiz Romário, conseguiu nadar até a praia. Os desaparecidos são: Maria Nete, 35 anos; Maria Lopes da Silva, 35 anos, Bruno da Silva Alves, 4 anos, e Maysa, também de 4 anos. A canoa foi localizada a cerca de 1 km da margem.