Baixa de ministros por corrupção não é problema político, diz líder do governo

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), comemorou nesta segunda-feira a aprovação da presidente Dilma Rousseff na pesquisa CNI/Ibope. Para o ministro, a perda de ministros ao longo do primeiro ano do mandato de Dilma não é problema político. Dilma perdeu sete ministros neste ano, seis deles envolvidos em denúncias de corrupção.

"O governo, numa tranquilidade grande, não houve nenhum abalo. Troca de ministro não é crise de governo, então não teve problema político", disse. Na última sexta-feira, a pesquisa apontou aprovação pessoa da população brasileira à presidente Dilma de 72%. Para 56% dos entrevistados, o desempenho do governo federal foi considerado como ótimo ou bom.

"O povo termina aprovando a administração da presidente Dilma de forma recorde, maior do que teve o presidente Fernando Henrique no seu primeiro ano e maior até do que teve o presidente Lula, o que não é fácil", avaliou Vaccarezza.