BA: perícia confirma que carreta invadiu a contramão em acidente

Perícia feita pela Polícia Civil constatou que o motorista da carreta envolvida no acidente com outros dois veículos, que causou a morte de 33 pessoas na madrugada de sábado, na Bahia, invadiu a contramão e bateu de frente no ônibus que transportava trabalhadores de corte de cana, que haviam deixado o Mato Grosso do Sul com destino ao município de Buíque, em Pernambuco, segundo informações do Fantástico.

O resultado da perícia confirma a versão de testemunhas, de que o ônibus fazia uma ultrapassagem permitida por um caminhão baú num trecho de três pistas, quando foi surpreendido pela carreta, que teria invadido a contramão na curva. 

O acidente ocorreu no km 583 da BR-116, entre os municípios de Milagres e Brejões, na Bahia.

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), participará nesta segunda-feira do velório das vítimas do acidente. Neste sábado, 14 corpos foram transportados até o Estado.

"É uma tragédia muito grave e é com muita dor que temos de fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para minorar o sofrimento das vítimas e suas famílias", disse o governador. A ida de Campos ao velório, no Clube Municipal de Buíque, no sertão pernamucano, está previsto para as 11h.

De acordo com a assessoria de imprensa do Departamento de Polícia Técnica da Bahia, 25 vítimas foram identificadas até o momento. Entre as vítimas fatais, 31 morreram na hora, uma a caminho do hospital e outra após receber os primeiros socorros. Outras 13 pessoas ficaram feridas.

O traslado dos corpos foi feito em uma aeronave C 105 Amazonas da Força Aérea Brasileira (FAB), que pode levar 16 urnas por viagem. O trabalho será retomado nesta segunda-feira.