Renault defende Raikkonen e diz que piloto calará críticos

O acionista da Lotus Renault, Gerard Lopez, afirmou que os questionamentos sobre a real condição de Kimi Raikkonen, novo piloto da equipe a partir de 2012, servem apenas para deixar o finlandês ainda mais motivado.

Segundo Lopez, Raikkonen, 32 anos, já demonstrou toda sua velocidade em sua primeira passagem pela Fórmula 1 e que o finlandês ainda tem idade para alcançar o auge. Além disso, o acionista destacou a importância do finlandês para o desenvolvimento do carro da equipe, e disse que o piloto está muito motivado.

Ausente da Fórmula 1 desde o início de 2010, quando interrompeu seu contrato com a Ferrari, Raikkonen passou os últimos dois anos competindo no Mundial de Rali, e teve sua readaptação a categoria mais importante do automobilismo mundial colocada em dúvida. O alemão Sebastian Vettel, piloto da Red Bull e atual bicampeão, disse que muita coisa mudou desde 2009 e, por isso, o campeão de 2007 sentirá dificuldades com o novo carro.