Alvaro Dias anuncia representação do PSDB contra Lupi 

As novas denúncias contra o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, divulgadas no fim de semana pela imprensa, levaram o PSDB a protocolar nova representação no Ministério Público Federal. Foi o que informou o senador Alvaro Dias (PSDB-PR) em discurso em Plenário nesta segunda-feira.

Essa é a segunda representação, agora pedindo a investigação judiciária necessária para a responsabilização civil e criminal dos envolvidos nos últimos escândalos de corrupção no ministério do Trabalho. A revista Veja publicou matéria sobre viagem que Lupi teria feito ao Maranhão no avião alugado por Adair Meira, que chefia uma rede de ONGs conveniadas ao ministério e envolvidas em irregularidades. O ministro havia negado na Câmara ter qualquer relação com o empresário.

- O pedido ao Procurador-Geral da República trata da instauração do inquérito policial para apurar a materialidade e a autoria de todos os envolvidos e de promover as devidas ações de improbidade administrativa e de reparação cível ao Erário em face da conduta ilícita dos servidores públicos - explicou.

Além disso, o PSDB apresentou requerimento na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) convidando o ministro a prestar esclarecimentos e defender-se das acusações de improbidade administrativa.

Segundo disse, a ideia do debate com o ministro é tentar ampliar a capacidade de indignação da população brasileira, oferecendo a ela oportunidade de conhecer melhor os detalhes das "falcatruas que são anunciadas pela imprensa do país". 

- É uma tentativa de se combater a impunidade, oferecendo reação a essa banalização estúpida da corrupção no país, fato ocorrido nos últimos anos, a meu ver, repito, como o mais perverso desserviço que se prestou à sociedade brasileira - disse. 

O parlamentar também pretende pedir que o líder do partido na Câmara, deputado Duarte Nogueira (SP), estude a possibilidade de a Mesa daquela Casa instaurar o procedimento necessário para julgar o ministro Carlos Lupi pelo cometimento do crime de responsabilidade. Lupi disse aos deputados, na semana passada, não ter relações com Adair Meira, o que segundo a reportagem da Veja não corresponde à verdade.