Com atualidades, estudantes veem redação dificil na Unicamp

A candidata Nicole Kunde, 19 anos, que pretende cursar medicina, achou a prova fácil e deixou as três redações fazer no final. "Quem acompanha o noticiário não passou apertado e conseguiu entender a proposta da redação.", dsse ela. Os temas foram sobre as redes rociais que, para ela, não foram difíceis.

Mas para a candidata Leticia Capelli, 17 anos, que foi de Mogi das Cruzes prestar as provas no campus da Unicamp, e tentar uma vaga em Farmácia, a redação foi exigente. Para ela, os gráficos e os textos vieram reforçar qual ideia estava sendo pedida pela banca, mas o tema sobre a manifestação de um manifesto de alunos sobre as redes sociais, "foi muito complicado", falou ela.

O estudante Tiago Martins, 19 anos, que tenta uma vaga de ciência de comunicação, achou a prova bem mais facil que a aplicada no ano passado."Vou fazer Unesp e UEL e achava que a Unicamp seria mais dificil que essas, mas não achei não".

Alvaro Marques, 17 anos , é de Presidente Venceslau. Tenta uma vaga em medicina e achou a redação bem complicada ao misturar redes sociais, internet e situações atuais. "Apesar de ser questões atuais mesmo assim ficou complicado seguir o que a Unicamp estava pedindo", afirmou.