RS: deputado é condenado a 2 anos de prisão por morte no trânsito

O Tribunal de Justiça (TJ) do Rio Grande do Sul condenou na última segunda-feira o deputado estadual Aloísio Classmann (PTB) por homicídio culposo (sem intenção de matar) num acidente de trânsito, ocorrido em 2006. 

Ele dirigia uma Ford Ranger na RS-324, entre as cidades de Três de Maio e Horizontina, quando colidiu na traseira de uma motocicleta e causou a morte do carona, Arlindo Pavlaki.

A Justiça fixou a pena em dois anos de detenção, em regime aberto, e suspensão da habilitação para dirigir veículos por dois meses. A detenção foi substituída por prestação de serviços à comunidade e pagamento de 40 salários mínimos aos dependentes da vítima. De acordo com o TJ, houve imperícia de Classmann, que andava em velocidade superior ao limite da rodovia.