Petrobras apresenta seus projetos para o Espírito Santo 

O gerente geral da Unidade Petrobras no Espírito Santo, Luiz Robério Silva Ramos, encerrou há pouco sua palestra na Reunião do Grupo Permanente de Acompanhamento Empresaria do Espírito Santo, evento da Vieira e Rosenberg, com apoio do Jornal do Brasil. Ontem, também participou da Vitória Oil & Gas. O especialista apresentou os projetos da companhia para os próximos anos. Até 2015 a  expectativa é que o estado produza mais de 500 mil barris/dia. Neste ano, os investimentos na região foram de USD 14,5 bilhões. O Espírito Santo é o segundo produtor de petróleo e gás do país.

O geólogo fez um histórico da exploração e produção de petróleo no Estado, com destaque para o recorde de produção, em setembro deste ano, quando a empresa produziu 313 mil barris petróleo por dia no Espírito Santo. Ele também falou dos investimentos de U$14,5 bilhões somente este ano e a expectativa para o início das operações do Porto de UBU em 2015, na área sul do Estado. 

“O Espírito Santo se aproxima dos 15% na fatia da produção de petróleo nacional e pretendemos chegar a produzir até 500 mil barris por dia até 2015”, disse. O gerente da Petrobras também já antecipou o inicio das operações – pela Transpetro – do Terminal Aquaviário de Barra do Riacho, no próximo ano. “Vamos trabalhar para que a participação neste cenário nacional se mantenha”, concluiu.  

“O Parque das Baleias é o principal polo de produção no Sul do Espírito Santo e Norte da Bacia de Campos. A P-34, que iniciou a operação em 2006, produz cerca de 30 mil barris por dia. A P-57, que iniciou em 2010, deve alcançar 180 mil barris – que é o seu limite – até meados do próximo ano. Em 2012, começa a operar o navio plataforma de produção para o pré-sal, na Unidade de Cacimbas, em Anchieta. A P-58 já está no Brasil, no Estaleiro de Rio Grande e inicia suas operações em outubro de 2013”, adiantou Luiz Robério.