SP: PM mata cachorro de morador de rua e revolta vizinhos

Um policial militar matou a tiros o cachorro de um morador de rua e revoltou moradores na Liberdade, bairro na região central de São Paulo. Policiais foram até a região na noite de quarta-feira para atender uma ocorrência que acusava um homem de quebrar o limpador de parabrisa de um carro. Houve confusão na abordagem do dono do cachorro e de outro rapaz que morava com ele, e o PM atirou contra o animal. As informações são do Bom Dia SP.

"O cachorrinho dele não gostou da situação. Então o cachorrinho apenas latiu pra ele, mas não chegou a atacar. Aí ele simplesmente arrastou a arma e deu dois tiros e matou o cachorro", disse o porteiro Francisco Kledson. 

"É um abuso de poder mesmo da polícia, não dá para gente conviver com isso", criticou a comerciante Cláudia Carlini. Segundo vizinhos, o cachorro era uma mistura das raças pit bull e fila, e era manso. 

A PM afirmou que os policiais tentaram afastar o animal com um bastão e uma lanterna, e atiraram por se sentirem ameaçados. O capitão da PM Romildo Xavier disse ainda que os moradores quase acertaram os policiais com uma corrente. Os dois foram levados à delegacia, e responderiam por desacato à autoridade.