MPF quer ampla divulgação sobre local exato das provas do Enem

O Ministério Público Federal (MPF) enviou na quarta-feira (19) ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) e à Fundação Cesgranrio recomendação para que informem, por meio de todos os meios de comunicação disponíveis (inclusive em seus sites), os eventuais erros no cartão de confirmação do local de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), juntamente com o endereço correto. As informações devem ser amplamente divulgadas até o dia da prova.

Na notificação, a procuradora da República Márcia Morgado, diz ainda que, no dia do exame, sejam adotadas “medidas para orientar corretamente os alunos que tiveram o local de prova mudado, disponibilizando inclusive veículos para facilitar o acesso deles ao endereço correto”.

A recomendação do MPF foi motivada por notícia publicada hoje, em jornal da cidade, sobre alunos que receberam o cartão de confirmação com o local de prova na Unirio foram alertados pela Cesgranrio sobre a mudança para outro campus da universidade na mesma rua.

Segundo o site do Inep, o Enem, que terá as provas realizadas neste final de semana (dias 22 e 23) será monitorado em tempo real e, até o momento, foram realocados estudantes em dez dos 14 mil locais de prova.

Sobre os exames do Enem Rio de Janeiro, o Inep limitou-se a informar em sua página que os estudantes alocados no prédio da reitoria da UniRio foram transferidos “para outra área da mesma instituição, a 160 metros da original”.