Casa Civil: coordenação da Copa é do Ministério do Esporte

A Casa Civil divulgou na noite desta quarta-feira nota em que "reitera" a responsabilidade do Ministério do Esporte na coordenação da Copa do Mundo de 2014. 

"Qualquer avaliação diferente não encontra respaldo na realidade", diz o comunicado.

O pronunciamento responde reportagem publicada na edição de hoje do jornal O Estado de S. Paulo, segundo a qual o ministro do Esporte, Orlando Silva (PCdoB), não seria mais o interlocutor do governo nas negociações para o evento, por decisão da presidente Dilma Rousseff (PT). O titular da pasta, que falou nesta tarde no Senado sobre as denúncias de que estaria envolvido em um esquema de desvios no ministério, negou a perda de poderes e afirmou que o episódio não altera sua posição de responsável pelas negociações para a aprovação da Lei Geral da Copa.

"A Fifa e o Brasil têm o mesmo objetivo, que é fazer uma grande Copa. A atribuição de coordenar o trabalho foi conferida pela presidente da República na primeira reunião e foi instituída por um decreto presidencial", disse o ministro, que mais uma vez negou envolvimento em supostas irregularidades na sua pasta.