Em São Paulo, dinamite encontrada em propriedade é recolhida pelo Gate 

Uma equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Policia Militar de São Paulo esteve na madrugada desta terça-feira, em Álvares Machado , município 578 KM a oeste da capital, para proceder o transporte com segurança de 12 bananas de dinamite que foram apreendidas na tarde de segunda-feira pela polícia na cidade.

Os explosivos foram encontrados por um morador da zona rural do município. Ele informou aos policiais que fazia uma limpeza em um dos cômodos da casa e encontrou os cartuchos de dinamite. O proprietário do imóvel disse também que seus familiares trabalhavam com escavações de poços e que eles utilizavam as dinamites para esta finalidade, entre as décadas de 40 e 50.

O comandante da equipe do Gate, sargento Barbosa, informou que embora os explosivos já estivessem bem deteriorados em função do tempo, pois datam de 1950, caso não haja o manuseio correto pode haver risco de explosão. "Para uma total segurança, nós retiramos as espoletas que poderiam acionar os cartuchos de dinamites e o material foi acondicionado em uma caixa com serragem para evitar o atrito durante o transporte. Isso vai garantir a total segurança", explicou o policial.

O material segue para a base do Gate na capital paulista onde será submetido a uma rigorosa perícia e depois será encaminhado ao Exército Brasileiro para destruição.

A assessoria de imprensa da Polícia Militar alerta que, em caso de encontro de algum artefato explosivo ou algo que tenha semelhança, as pessoas não mexam. A orientação é para manter o local isolado e imediatamente ligar para o telefone de emergência da Polícia Militar 190 informando o fato. Apenas profissionais com conhecimento técnico devem manusear e transportar explosivos.