SP: MP de Sorocaba denuncia 48 por fraude em hospital 

O Ministério Público (MP) em Sorocaba (SP) denunciou à Justiça 48 pessoas por envolvimento em fraudes em licitações e pagamentos indevidos de plantões médicos no Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS). De acordo com a assessoria do MP, 19 médicos e sete empresários estão entre os denunciados.

A investigação apontou o desvio de verbas destinadas ao pagamento de plantões a servidores do conjunto hospitalar, para direcioná-las a profissionais que não cumpriam suas jornadas de trabalho. De acordo com o MP, foi constatada a existência de funcionários "fantasmas" e prática de falsificações, estelionato e fraudes em licitações.

Segundo o Ministério Público, a organização criminosa era chefiada pelo ex-diretor do conjunto Ricardo José Salim. Os 48 suspeitos foram denunciados por peculato, falsidade ideológica, fraude de licitações públicas e homicídio culposo.