Greves: movimento dos Bancários quer se unir ao dos Correios em Brasília

Os funcionários dos Correios, em greve há 16 dias, bloquearam nesta quinta-feira a entrada e a garagem do edifício-sede da empresa, no Setor Bancário Norte, em Brasília. Eles querem impedir a entrada de colegas que não participam do movimento.

O presidente do Sindicato dos Bancários, Rodrigo Brito, esteve no local e incentivou a unificação da luta das classes trabalhadoras, argumentando que qualquer categoria que for derrotada influenciará no resultado da luta de outra, em relação às reivindicações das datas-bases. 

Os bancários estão em greve em todo o país desde terça-feira (27). 

 "Os fura-greves atentam contra o direito coletivo", destacou.

Os trabalhadores dos Correios reivindicam 6,87% de reajuste nos salários. Na próxima terça-feira (4), caravanas de todos os estados devem chegar a Brasília para uma manifestação.